2007-09-03

Cecilia Bartoli


Cecilia Bartoli é fantástica. Há adjectivos mais indicados para caracterizar uma voz brilhante e única. Sei que há. Mas eu só quero dizer isto: «Cecilia Bartoli é fantástica»!


Toda a tecitura da voz acorda fantasmas e borda fantasias. Define novos contornos, pinta céus não imagináveis, funde formas, concilia movimentos.


Cecilia traz a paz embebida na voz. Reconhecer-se-ia nela a fundação de ser. Porque é do fundo, do nada que devem ser, que a voz dela abre o que se torna. Definitivo. Um «bel foco» que jamais se extinguirá. Uma chama que se acende em cada um.

Cecilia Bartoli é a paz. Ouçamos como concilia os inconciliáveis Benedetto Marcello (1686-1739) e Antonio Vivaldi (1678-1841).

2 comentários:

Moura Aveirense disse...

É maravilhosa! Vai sair um novo disco no próximo dia 17, a homenagear Maria Malibran... dedica-se amis ao reportório romântico.

Eu já reservei bilhete para Fevereiro de 2008, na Gulbenkian :)

Uma boa noite,

Moura Aveirense

Moura Aveirense disse...

Obrigada pela visita - à qual já respondi e deixei algumas sugestões. Um bom ano de trabalho,

Moura Aveirense